Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribunap/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Pesquisa: Mineração de urânio não aumentou casos de câncer em Caetité
 
Sexta, 10 de Julho de 2009  
 

Recente pesquisa divulgada pela Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec) comprova que as atividades da INB não provocam danos à saúde da população de Caetité/BA, onde a empresa mantém unidade de exploração de urânio. A Fiotec pesquisou o número de mortes provocadas por câncer no Estado da Bahia e comparou com os números apresentados nas regiões próximas à Unidade de Concentrado de Urânio da INB (URA). Ficou provado que não há diferença entre o número de casos registrados nas regiões de Caetité e Lagoa Real em comparação com os casos registrados em todo o Estado.

Para a realização do estudo, intitulado “Estudo Epidemiológico de Morbi-mortalidade Relativo à Eventual Ocorrência de Patologias Relacionadas a Danos Genéticos e Neoplasias Malignas na Área de Influência da URA”, foram utilizados casos registrados entre os anos de 1995 e 2005, ou seja, desde antes do início das atividades da unidade. Em todas as comparações apresentadas na pesquisa, os números de casos da região próxima à unidade da INB estão abaixo dos níveis encontrados em todo o Estado.

Em 1995, na Bahia, o número de casos correspondeu a 7,4% de toda a população do Estado, enquanto que na região de Caetité e Lagoa Real foi de 6,5%. Em 2000, na Bahia o número chegou a 7,95%, e na região da URA, a 6,88%. Em 2005, o número registrado no Estado foi de 9,45% da população, enquanto que o número de casos confirmados nos dois municípios foi de 6,6% da população.

O estudo, que ainda não foi concluído, foi recomendado pelo IBAMA. Segundo o instituto, os resultados da pesquisa servem para garantir que moradores, autoridades locais e os órgãos nacionais e internacionais que fiscalizam a unidade, assim como a própria INB, tenham informações seguras, com base científica, sobre a saúde da população local. O estudo pretende colher e analisar, durante os próximos quatro anos, informações sobre as causas das doenças e as condições de saúde da população.

Mário Moura
Coordenador de Comunicação Externa da INB

 


 
 
Untitled Document
 Comentários:
.1
Terça, 28 de Julho de 2009 | 22:44  
Bruno Fernandes
E vocês acreditam nisso ?
 
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.