Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribunap/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Baiano faz gol na final e seleção brasileira é campeã da Copa 2 de Julho
 
Domingo, 12 de Julho de 2009  
 

No mês passado, o baiano Daniel Alves, com a camisa 13 da Seleção Brasileira às costas, fez um gol decisivo, na semifinal contra a África do Sul, para o título da Copa das Confederações. Neste domingo (12/7), outro baiano, com o mesmo número, Romário, que também é lateral-direito, fez o gol que abriu o caminho para a vitória de 2 a 0 da Seleção sub-17 sobre a Portuguesa. O resultado deu o título da 3ª edição da Copa 2 de Julho à seleção canarinho. A competição é promovida pela Sudesb com o apoio da Federação Baiana de Futebol. O Armando Oliveira, em Camaçari, recebeu cerca de 6 mil torcedores para a decisão.

Antes da partida, houve uma cerimônia que contou com a presença de Raimundo Nonato, Bobô, diretor geral da Sudesb; Ednaldo Rodrigues, presidente da FBF; Elias Dourado, chefe de gabinete, da SETRE; Sinval Vieira, coordenador de excelência da Sudesb; além de outras autoridades locais. Os times ficaram perfilados e ouviram as execuções dos hinos do Brasil e da independência da Bahia.

Elias Dourado falou sobre a Copa 2 de Julho. "Essa Copa é uma iniciativa que em pouco tempo deu certo. E hoje tem um papel fundamental nessa faixa de idade. E o importante é que é justamente nela que os clubes estão de olho. A nossa expectativa é que ela venha a se firmar na categoria sub-17 como é a Copa São Paulo na categoria sub-18. Bobô voltou a ressaltar a importância da competição para fomentar o esporte na Bahia, dando a oportunidade de seleções locais disputarem partidas contra grandes clubes e até mesmo a Seleção. 

O JOGO

A partida começou com muita marcação, o que fez com que os dois times tivessem poucas chances de gol. Aos 10 minutos, Zezinho entrou pela esquerda da área e bateu cruzado, mas o centroavante não alcançou. A Portuguesa deu a resposta no minuto seguinte, quando Ivan fez boa jogada pela direita, foi ao fundo, e cruzou para a área. Dessa vez, foi o centroavante Aílton que não alcançou.

Aos 15 minutos, o baiano com nome de craque, Romário fez grande jogada pela direita, pedalou e chutou de fora da área. O goleiro Gustavo falhou e o Brasil abriu o placa para festa da torcida presente. Outro momento de vibração para a torcida aconteceu três minutos depois. Ivan percebeu que o goleiro Alisson estava adiantado e tentou encobri-lo do meio de campo. No entanto, o arqueiro da Seleção se recuperou e fez uma grande defesa, arrancando aplausos.

Aos 25 minutos, Zezinho sentiu uma contratura muscular e deixou o campo para a entrada do segundo baiano do grupo, o meia Emerson. Aos 27 minutos, o Brasil fez uma grande jogada pela esquerda com Marcelo. Ele tocou para Wellington, que dominou bonito para a esquerda, mas foi travado na hora do chute. No rebote, Emerson chutou forte, mas o goleiro fez uma defesa difícil. O lance plasticamente mais bonito do primeiro tempo aconteceu aos 40 minutos, quando o camisa 10 da Lusa, Natal, deu um drible dando um giro de 360º que lembrou um antigo camisa 10 da seleção francesa, Zidane.

No segundo tempo, com o título nas mãos, a seleção diminuiu o ímpeto, fazendo com que o ritmo do jogo ficasse mais lento. Aos 7 minutos, Felipinho ainda perdeu uma chance clara de gol. Uma outra boa jogada aconteceu quando Wellington Silva, Wellington e Emerson triangularam na entrada da área, mas o baiano chutou por cima. No finalzinho do jogo, Wellington Silva sofreu um pênalti. E, aos 40 minutos, cobrou para balançar as redes e fechar o placar do jogo, garantindo o título para a Seleção Brasileira. 

Depois do jogo, o capitão da Seleção, Gérson, reuniu o grupo para retribuir o carinho da torcida baiana que marcou presença e apoiou durante todo o tempo o time brasileiro. Depois, ele ainda carregou o troféu de campeão.

A Portuguesa perdeu a final, mas pode se orgulhar de ter sido o melhor clube da competição. O supervisor das divisões de base, Manoel Ramos, elogiou a organização. "O pessoal não deixou a gente na mão hora nenhuma. O pessoal de Feira de Santana foi fantástico. Não tem nem o que falar. Quando tem coisa ruim, a gente tem um caminhão de coisa para falar, né? É igual a árbitro. Quando ele não é comentado é porque foi bem".

O diretor de futebol de base do clube, Paulo Dogo, elogiou o nível da competição. "Pode se chamar essa copa de campeonato brasileiro da categoria". Ele elogiou o nível dos atletas e já contratou Galego, do real Minas. Ele disse que observou ótimos jogadores no Fluminense de Feira, mas não iria divulgar nomes, poisainda não fechou com eles.

Ficha Técnica:

Brasil: 1 Alisson, 13 Romário (2 Alex), 3 Gerson, 14 Gerson Junior e 6 Dodô; 8 Patrick, 20 Warley, 11 Zezinho (7 Emerson) e 10 Wellington ( 16 Jeferson); 17 Felipinho (19 Wellington Silva) e 9 Marcelo (18 Lucas). Técnico: Lucho Nizzo.

Portuguesa: 1 Gustavo, 3 Guilherme, 5 Yago e 13 Bolacha; 14 Ivan, 7 Cimar, 8 Murilo, 10 Natal (Gimenes), 15 Jailson (9 Rodrigo) e 6 Alexandre (2 Ricardinho); 17 Aílton (18 Diego). Técnico: Rúbio Alencar.

Gols: Romário e Wellington Silva

Ascom/Sudesb - Leandro Silva DRT 3238


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.