Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribuna/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
“Peneira da vida e do amor”
 
Quinta, 28 de Janeiro de 2010  
 

A natureza clama por respeito, sem devaneios de cobiça na busca incessante da riqueza sem limites.
      
Agora o momento é de uma nova realidade em que a HUMANIDADE necessita andar em passos largos rumo à recuperação ambiental, com ações de auxílio ao planeta.
      
O Sol brilha a todos, assim como a brisa do vento e as águas da chuva, mas a formosura da vida precisa de um ingrediente primordial para transmutar o presente, este elemento é mais que um simples alicerce, uma construção ou instrumento de mudança. A vida terá sentido quando o Homem em todas as suas ações, primeiramente valorizar o “AMOR” em seus atos, decisões e definições dos rumos da sociedade.
       
Neste chocalho de vidas, a peneira vislumbra limpeza, harmonia, consistência para que gestos transformem em alegria.
      
A vida quando peneirada respeita valores coletivos e individuais, auxilia no surgimento de novas portas nos caminhos do destino, regado no canteiro da prosperidade.
      
O amor quando peneirado derruba pré-conceitos, elimina diferenças e desarmonias, lindo como o encanto de uma flor, o voo de um pássaro ou nos olhares sinceros de um bebê.
      
Chegou à hora da peneira em nossa vida, precisamos retirar as impurezas dos jeitinhos, da inveja, da hipocrisia e começar um novo dia em que o Homem como seu interlocutor faça parte de uma política mais digna, humanística e solidária de verdade. O assistencialismo gera dependência e atrapalha o desenvolvimento de um povo, de uma vida e consequentemente interfere nos elos do amor.
      
A vida é bela, mas sem rever o nosso papel, as nossas atitudes, os nossos valores, o mundo ficará a mercê de um rumo incerto, num barco a deriva.
      
Nos laços da corrente da felicidade são unidos sentimentos que valorizam a paz, a união e a construção de um estilo de vida que brinde a verdade, portanto a responsabilidade aumenta na razão de nosso conhecimento.
      
A aflição deve ser substituída pela compaixão na vigília dos pensamentos.
      
Como é lindo o passar na peneira das pessoas que olham para o próximo com sinceridade dos gestos da compreensão e tolerância.
      
Em vez de ter, “ser”, no realismo de uma cumplicidade com a vida.
      
Sopram as trombetas das melodias dos mensageiros da Humanidade como inspiração para acompanhar os passos no caminho do bem.
      
A peneira sugere a vigiar os pensamentos, no compromisso com o positivo, real e solidário, como ferramenta de nossas atitudes, na vibração plena da saúde global.
      
Clamo todos a uma reflexão do respeito à vida em todos os sentidos para que aconteça no planeta Terra o verdadeiro Lar do Amor.

 

Welinton dos Santos - É Economista e Psicopedagogo, Membro da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, Delegado de Economia de Caçapava, Ex-Coordenador do Projeto URB-AL - União Européia e América Latina - rede 7, Palecistra, conferencista nacional, Colaborador de Projetos Sociais, dentre outros.


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.