Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribuna/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
CPIzza?!
 
Sexta, 15 de Maio de 2009  
 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os partidos políticos que dão sustentação a seu governo usaram todos os meios, inclusive os mais arbitrários e ilegítimos, para tentar impedir a leitura do requerimento de instalação de uma CPI no Senado Federal para investigar as denúncias de corrupção na administração da Petrobras, a maior estatal brasileira. A leitura de um requerimento de CPI é essencial, pois só assim é possível sua instalação de fato e de direito. Cientes disso, os aloprados cupinchas do presidente Lula vestiram a pior das máscaras da Ditadura e fizeram tudo para impedir a leitura do requerimento no início da noite de quinta-feira, 14 de maio. Mas foram finalmente vencidos na manhã da sexta-feira, 15 de maio de 2009.

Ainda na quinta-feira, travou-se uma batalha de autoridades através do tempo e da hierarquia. O presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP), estava em Brasília, mas, como sempre, fugiu da raia e passou bem longe de assumir a cadeira da presidência como o diabo passa longe da cruz, evitando assim as responsabilidades de suas atribuições. A partir daí, vice-presidentes e secretários, que nesses casos assumem interinamente a cadeira, fizeram o jogo sujo do Palácio do Planalto e ficaram passando o abacaxi de mão em mão. A solução encontrada pelo senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) foi mandar buscar em Goiânia o senador Marconi Perillo (PSDB-GO), que é o 1º vice-presidente da Casa, para que ele assumisse a presidência e procedesse a leitura do requerimento. Imediatamente e numa ação infame e enodoada, a 2ª vice-presidente, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), pulou na cadeira presidencial e encerrou a Sessão Plenária, mesmo havendo ainda oradores inscritos para fazer uso da palavra. Um gesto desprezível e ignóbil da senadora Serys Slhessarenko.

Mas o governo foi vencido na manhã da sexta-feira. Sob a presidência do senador Marconi Perillo, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) fez a leitura do requerimento e ainda, nesse bojo, tirou da gaveta a CPI do Apagão Intelectual e a CPI da Raposa Serra do Sol. Um golpe quase mortal na cúpula palaciana do presidente Lula. A proposta do requerimento do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) é criar uma CPI para investigar possíveis irregularidades na Petrobras, com foco especial nos resultados das Operações Castelo de Areia e Águas Profundas da Polícia Federal e nas constantes denúncias contra o atual presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli. E Lula não vai escapar do que for apurado dizendo não saber de nada: Gabrielli dá uma banana para seu chefe hierárquico, o ministro das Minas e Energia Edson Lobão, e despacha diretamente no gabinete da Presidência da República. Ou seja, agora Lula sabe... de tudo!

Todos sabemos que o presidente Lula, o PT e os partidos da base aliada não querem essa CPI da Petrobras. Mas não há nada de republicano ou democrático nessas recusas. Na verdade, a Petrobras é uma cumbuca recheada de corrupção e desmandos e que vem servindo de cabide de empregos para os aliados do governo. Isso sem falar que há suspeitas claras de que a estatal está sendo usada ilegalmente como máquina eleitoreira em favor de José Sérgio Gabrielli, interessado em uma vaga no Senado Federal pelo Estado da Bahia, onde recursos da empresa estão sendo usados até para patrocinar festas de São João de municípios baianos. Há ainda as sérias acusações de corrupção e desvios de verbas nas construções de refinarias, em especial a Refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, sob a batuta da presidenciável ministra Dilma Rousseff. Isso sim é que é uma cumbuca!

O Senado Federal tem a grande chance de começar a sair do mar de lama em que se enfiou, principalmente depois da posse do senador José Sarney em seu terceiro mandato como presidente da Casa. O Senado pode encontrar sua redenção diante da opinião pública realizando uma CPI séria e investigativa na Petrobras, sem medos estúpidos de arranhar a reputação da estatal, afinal, proteger o bom nome internacional da empresa jogando lixo embaixo do tapete não é o que se espera. Por fora bela viola e por dentro pão bolorento? Não é isso que o povo brasileiro espera da Petrobras. O que se quer é a verdade, custe o que custar, doa a quem doer e que faça-se o que for necessário. O Senado Federal tem sua grande chance. Será que vão deixar que isso vire uma grande CPIzza?!

HELDER CALDEIRA
Articulista Político – Rio de Janeiro/RJ
heldercaldeira@folha.com.br

 


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.