Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribuna/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Mulher em Verso e Prosa
 
Sábado, 05 de Setembro de 2009  
 

“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça”. A poesia de Vinicius de Morais e Tom Jobim, ícones da música popular brasileira nos remete a um de tipo de produção artística que exalta as qualidades do gênero feminino. A mulher elogiada, cortejada, romantizada, amada. Linda, mais que demais, você é linda sim (canta Caetano).

Infelizmente, estamos vivenciando um momento muito trágico, chulo e agressivo no âmbito da cultura e na forma como as mulheres são retratadas. Nos bailes funks, o feminino foi transformado em frutas, verduras, uma grande feira com mulher melancia, mamão, melão, abacaxi, jaca, cenoura, batata...

O forró eletrônico (hollywoodiano) incorpora nas suas apresentações, balé circense especializado em estimular a produção de testosterona em suas coreografias, mantendo aquele velho estereótipo da mulher objeto. O pagode tem a capacidade de criar uma anti-poesia, uma anti-prosa que humilha e rebaixa a mulher chamando-a de coisas tão horríveis que não é interessante reproduzir essas frases preconceituosas.

A mulher nos últimos cinquenta anos vem ocupando espaços e modificando sua representação social. A famosa Amélia que tinha um papel de gerenciar a casa e depender das finanças do marido, já contrasta com uma mulher que se insere no mercado de trabalho, é independente financeiramente e atua no mundo político com muito destaque. No próximo ano (2010), teremos três mulheres candidatas á presidência da república, isso é muito significativo.

Nesse sentido, algumas questões devem ser discutidas como: por que esse modelo de feminino não é retratado por esses “músicos”, “poetas”? por que a necessidade de ferir o feminino? Será que a mulher é problema para essa gente?

Sabemos que existem artistas, poetas, agitadores culturais, comprometidos com um trabalho  que valoriza e respeita a dignidade humana, mas esse povo não aparece para as multidões, não entra na pauta da ração dominical que tem a necessidade de reafirmar o ridículo e o superficial.

Quem perde com tudo isso somos nós e principalmente as mulheres que são maltratadas e ridicularizadas com tudo que vai sendo criado para tentar desconstruir uma história e uma imagem do feminino que foi conquistada com muita luta.. Esse palavreado grosseiro e essa visão tacanha e limitada precisa ser combatida.

O verso e a prosa em torno do gênero feminino devem pautar a sua beleza, o seu encanto e a sua mágica para conquistar os seus sonhos e viver a vida. E como canta Benito: “Agora chegou a vez, vou cantar, mulher brasileira em primeiro lugar”, “mulher brasileira é feita de amor”.

 

IVANDILSON MIRANDA SILVA - É Graduado em Filosofia Pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL), Especialista em Metodologia do Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação Pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Professor de Filosofia e Sociologia na Fundação Baiana de Engenharia (FBE) e no Colégio Acadêmico de Villas do Atlântico, Músico da Banda Periferia, Colaborador e Professor de Cinema e Contextualização na Associação Educacional, Cultural e Ambiental Comunidade Universitária, Leciona as Disciplinas Humanidades I e II na UNIME – PARALELA, Salvador, Ba. E-mail: Ivandilson-silva@ig.com.br, Blog: http://ivandilsonmiranda.zip.net

 


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.