Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Abertura da semana do aleitamento reúne mais de 800 mães em parque do Distrito Federal
 
Sábado, 01 de Agosto de 2009  
 

Mais de 800 mulheres escolheram o cenário do Parque da Cidade, no Distrito Federal, para amamentar seus filhos na manhã de hoje (1).

Elas participaram da abertura da Semana Mundial de Aleitamento Materno, que vai tem o objetivo de incentivar essa prática e reforçar a importância da doação de leite humano.

Durante boa parte da manhã de hoje, essas mães também receberam orientações sobre a importância do aleitamento materno como forma de prevenção de doenças.

O governo do Distrito Federal deixou à disposição 26 ônibus que transportaram mulheres de todas as cidades-satélite para que elas participassem do evento no Parque da Cidade.

Elas também puderam ter acesso a treinamento de massagens para bebês e crianças, como a shantala, uma técnica indiana milenar.

De acordo com a coordenadora de Aleitamento Materno e do Banco de Leite do Distrito Federal, Miriam Oliveira dos Santos, o Distrito Federal está entre os mais bem desenvolvidos quando o assunto e amamentação.

Até 4 meses de idade, 60 % das crianças do DF se alimentam exclusivamente do leite da mãe; 50 % das crianças com até 6 meses também e 65% das crianças com até 12 meses continuam sendo amamentadas pelas mães, mesmo recebem alimentação complementar.

“O ideal é a amamentação exclusiva até 6 meses de vida, e mantida com complementação alimentar até dois anos de vida”.

Miriam Oliveira lembrou que quanto maior o maior período de amamentação menores os riscos de hipertensão, diabetes, obesidade e outras doenças na vida adulta. “Quanto mais tempo a criança for amamentada melhor será seu rendimento escolar, menos doenças e menos problemas de ordem psicológica”.

Sobre a doação de leite humano, a coordenadora do programa disse que o Distrito Federal consegue suprir a demanda de leite para as crianças de baixo peso.

Atualmente, a capital da República recebe por ano 21 mil litros de leite materno, o suficiente para atender crianças que estão abaixo do peso, mas ainda em quantidade insuficiente para a demanda geral, que é de cerca de 50 mil litros por ano.

Abr / Fotos: Antônio Cruz


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.