Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/tribunap/public_html/antigo/files/contador.php on line 19
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Piscicultores do sudoeste aumentam renda com criação de tilápia
 
Sexta, 15 de Janeiro de 2010  
 
A renda média mensal dos esses piscicultores atendidos passou de R$316,00 em 2008 para R$387,00 em 2009


Mandiocultura, piscicultura, pecuária de leite, fruticultura, apicultura, floricultura e artesanato foram os setores da economia que estiveram na pauta dos projetos de capacitação e gerenciamento da Regional Sudoeste do Sebrae de Vitória da Conquista durante 2009, abrindo mais mercados e proporcionando maior geração de renda e qualidade dos produtos.

Em 2009, o Sebrae atendeu 42 piscicultores micro e pequenos empreendedores que atuam na produção, beneficiamento e comercialização de peixes (tilápias) cultivados nos municípios de Itapetinga, Potiraguá e Jequié.

A renda média mensal desses piscicultores atendidos passou de R$316,00 em 2008 para R$387,00 em 2009, e foram parceiros do projeto o Banco do Nordeste, prefeituras, Bahia Pesca, Fundação Uesb e associações de produtores dos respectivos municípios envolvidos no projeto. As tilápias são cultivas em tanques redes e em tanques escavados.

Também foram beneficiados com capacitação tecnológica e consultorias os municípios de Tremedal, através da Associação do Açude Público de Tremedal, bem como Caraíbas, por meio da Associação dos Pescadores. O trabalho foi desenvolvido na Barragem de Anagé, notabilizando-se o alto grau de organização e espírito colaborativo entre os filiados.

Maior área de abrangência

A Regional Sudoeste possui a maior área de abrangência territorial de projetos em agronegócios da Bahia, abrangendo as microrregiões de Vitória da Conquista, Guanambi, Jequié, Itapetinga e Brumado através de seus Pontos de Atendimentos. Em 2009 várias frentes de trabalho foram abertas no âmbito do agronegócio com projetos dentro da metodologia GEOR-Gestão Estratégica Orientada para Resultados.

Na área dos projetos de inclusão sócio-produtiva, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, a Regional de Conquista vem desenvolvendo atividades através do projeto Comunidade Empreendedora na região sudoeste. Estão sendo beneficiados mais de 30 municípios dos 105 baianos com menores Índices de Desenvolvimento Humano – IDH, levando a estas comunidades a orientação na gestão de pequenos negócios, com objetivo de diminuir as desigualdades sociais.

Na microrregião de Vitória da Conquista, por exemplo, o início das obras da I Fecularia de Mandioca, um dos maiores projetos do país em parceria com a Fundação Banco do Brasil, Governo do Estado, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia-Uesb, Embrapa, prefeituras de 19 municípios, foi um dos destaques da atuação do Sebrae.

O projeto de acompanhamento gerencial e de capacitação contempla mais de 2.000 associados da Cooperativa Mista Agropecuária de Pequenos Agricultores do Sudoeste – Coopasub, destacando a mandiocultura cujo projeto da primeira fecularia do interior do Estado foi aprovado no início de 2009.

A obra de construção da fábrica, com recursos da ordem de R$4 milhões, da Fundação Banco do Brasil, incluindo módulos administrativos, está em pleno andamento com previsão para ser concluído até meados do segundo semestre. Ainda nesse setor da economia, em conjunto com o Senai, o Sebrae vem prestando consultorias para 14 casas de farinha da Coopasub.

Projeto flores de Conquista

Além da mandiocultura, o Projeto Flores de Conquista contou com a realização da segunda Oficina de Artes Florais quando foram trabalhados todos os atores da cadeia produtiva da microrregião e dos territórios vizinhos. O I Seminário de Flores Temperadas da Bahia foi outra ação em Conquista no final do ano passado, reunindo produtores de regiões diferentes, inclusive da Chapada Diamantina.

No projeto foi criada a base para produzir rosas com a mesma qualidade de São Paulo, através do método de estaquia, que está sendo ampliado gradativamente. Neste ano de 2010, a maior parte dos plantios será feito através deste método.

Também no ano passado foi registrada a presença dos cooperados de flores e produtores individuais do povoado de Lagoa das Flores de Conquista na Central de Comercialização de Flores de Narandiba, em Salvador. O grupo pretende manter um Box para comercialização de sua produção em 2010.

Além da produção e dos serviços de arranjos e decorações, o Grupo de Conquista está treinando novos cooperados de Barra do Choça com vistas ao aperfeiçoamento técnico na produção de rosas.

Comunidade empreendedora

Dentro do Projeto Comunidade Empreendedora, o Sebrae atuou em 32 municípios da região sudoeste, destacando o trabalho de capacitação e organização da Cooperativa de Produtores de Leite e Cereais de Lagoa Real, na microrregião de Guanambi. A consultoria ocorreu nas propriedades rurais de 25 cooperados, visando a correção das práticas desvantajosas e enfatizando as vantagens na utilização de procedimentos, ferramentas técnicas adequadas e manejo dos animais. O resultado foi a melhoria na qualidade do produto ofertado e aumento da produção de leite do rebanho.

Atualmente a Cooperativa de Lagoa Real beneficia cerca de 30 micros e pequenos produtores que entregam de 10 a 120 litros de leite por dia. A entidade recebe o produto e beneficia os derivados, produzindo leite pasteurizado, iogurte e queijo para o Programa Fome Zero.

Ainda dentro do programa foram também atendidos os municípios de Guajeru, Caetano, Mirante, Dário Meira, Bom Jesus da Serra e Presidente Jânio Quadros. Nas áreas pré-definidas pela comunidade foi plantada mandioca de diversas formas e ensinadas as técnicas de manejo e plantio. Foram realizados ainda cursos de alimentação humana com derivados de mandioca, como beijus e farinha fina destinados à comercialização em feiras livres, gerando alternativas de renda para as pessoas mais carentes.

 

Agência Sebrae / Foto: Tribuna Popular


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.