Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
NOTÍCIAS
Concursos
Copa do Mundo 2018
Política
Reportagem Especial
Policial
Regional
Estadual
Nacional
O Mundo
Economia
Educação
Meio Ambiente
Saúde
Esporte
Local
CANAIS
Alto Astral
Turismo
Reflexão
Dicas e Truques
Editais
Artigos
Parábola
Telefones Úteis
Eventos
Horóscopo
Culinária
Poesias
Piadas
Aniversariantes
Contas Públicas
LINK'S
Micks Informática
Vilson Nunes
Farol da Cidade
Joaquim José Show
Folha do Vale
Sudoeste Bahia
Agência Sertão
Pref. de Guanambi
Alô Cidade
Lobo Mau
Blog do Latinha
Caetfest
Iguanambi
Twitter Trib.Popular
Face Tribuna Popular
REDEINTERSOFT.COM
a-Bahia.com
Deputada Ivana Bastos
Portal Alô Pilões
 
a a a
 
Violência Policial em Palmas de Monte Alto
 
Terça, 02 de Fevereiro de 2010  
 

O ajudante de pedreiro, José Rocha da Silva, casado, residente em Palmas de Monte Alto, na Bahia, procurou a Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Guanambi, para denunciar que foi vítima de violência policial no último dia 17 de janeiro, naquela cidade.

Ele contou que naquele dia, por volta das 18:30h, tinha chegado em casa após um dia cansativo de trabalho e mesmo assim resolveu retirar uma grande quantidade de lixo que havia sido colocado em frente a sua residência por um vizinho. Após retirar o lixo do passeio e colocá-lo na rua foi surpreendido com a chegada de uma viatura policial.

Ele narra que um policial militar conhecido por "Aldo" já desceu da viatura empunhando um cacetete e começou a agredí-lo violentamente na presença de populares que pediam para que parasse que tratava-se de um homem bom e trabalhador.

Depois de apanhar bastante no meio da rua, o ajudante de pedreiro disse que foi jogado dentro da viatura e levado para a Delegacia de Polícia onde o carcereiro conhecido por "Tutu" se negou a recebê-lo por está muito machucado. Foi então que o policial "Aldo" o levou até o hospital da cidade onde foi medicado e em seguida levado de volta para a Delegacia e colocado com outros presos.

No dia seguinte foi liberado e levado mais uma vez para o hospital pelos policiais que haviam acabado de assumir o plantão onde mais uma vez foi medicado e levado de ambulância para sua residência, pois não conseguia caminhar. Durante vários dias ficou sem trabalhar.

De acordo com a denúncia, foi um guarda municipal de pré-nome "Amarildo" que acionou a polícia para prendê-lo. A vítima diz temer por sua segurança, mas quer providências das autoridades competentes.

 

Farol da Cidade


 
 
Untitled Document
 Deixar um comentário
Jornal Tribuna Popular ::: Guanambi - BA :::
Fones: (77) 9 9962-1243 e 9 8827-5702
Editora Tribuna Popular LTDA - Avenida Presidente Castelo Branco, 96, Centro, Guanambi-Ba.